Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ousadia

As vezes penso
que sou ousada demais.
Embora tímida de morrer
não entendo como às vezes
me deixo levar e faço ou digo
coisas que depois eu mesma
nem acredito que saíram
de dentro de mim.

Enquanto permanecerem
no campo dos sonhos
e pensamentos,
sem preocupação,
porque afetam só a mim,
mas quando se materializam
em rascunhos de papel
então já não é mais
só coisa minha
e tocam ou afetam
o outro.

E o medo maior é de que
meçam ou julguem você
somente por essas
ousadias que você faz.

Não sei, mas acho que
mora mais uma Maria
dentro de mim,
em constante
desprendimento
de luz e calor.

De onde e de quando
ela veio não sei,
mas que ela ousa por mim,
ah, isso ousa.

Acho que ela é morena
como sempre quis ser
e às vezes até vejo
seu sorriso brejeiro
antes de me aprontar uma.

Se você me escuta,
queria que soubesse
que nem eu mesma sei
de onde vem tanta ousadia
e se faço mal em agir assim,
me perdoe e me ajude
a ser diferente.


Maria
Enviado por Maria em 07/11/2006
Código do texto: T284494
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4553 textos (186041 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:01)
Maria

Site do Escritor