Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O homem de várias faces

Amaste o Rio de Janeiro,
doaste o tempo por primeiro...
Tríade na Literatura Nacional:
Dom Casmurro
Quincas Borba
Memórias póstumas de Brás Cubas, narrador diferencial...

Poesias não são flores de Ti...
Tuas pérolas, os Contos...
Além do tempo vão as tuas Crônicas...
De todos os "gêneros" são os teus romances...

O segredo de Capitu...
Traída?...
Traidora?...
A verdade, somente quem sabe, és tu...

O homem de várias faces...
O Poeta maior chamou-te: Bruxo do Cosme Velho.
Chamo-te Eu:
Guardião de Nossas Letras...


                      Para Machado de Assis (1839 - 1908).


                 
               
Augusto de Sênior
Enviado por Augusto de Sênior em 07/11/2006
Reeditado em 21/07/2012
Código do texto: T284833
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto de Sênior
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 50 anos
140 textos (58631 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:43)
Augusto de Sênior