Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Trapos e obscenidades

Junte-se à mim!
Sejamos um,
Até o limite do individual.
Sejamos o que só a sós sabemos ser.
Venha!
Vem inteiro,
Vem mar
Que vou Maria...
Vamos saborear docemente o amargo do dia-a-dia!
Rir da dor e repartir pequenas misérias.
Contrariar o senso
E chegar ao ponto
Onde a intimidade
Beira o limite do obsceno.
Rachel Souza
Enviado por Rachel Souza em 07/11/2006
Código do texto: T284941
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rachel Souza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
45 textos (3977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:05)
Rachel Souza