Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA NOITE DO NOSSO JURAMENTO 
Ana Maria Brasiliense

Jamais esquecerei aquela manhã contigo fui encontar!
Olhos brilhando de paixão ficou meu coração a pulsar 
Saudade pungente doia na gente nos pondo a chorar
Dilacerando, maltratando premente corações aflitos
Nos braços um do outro nos deixamos ficar
Meu amor como poderia esquecer?
Lábios que se tocavam em completo delírio
Entre desejos delirantes... 
Minhas mãos exploravam
com saudades o corpo teu.
Eu e tu nos entregamos um ao outro,
deitamos em nosso leito macio perfumado
 E nele nos despimos lentamente
saboreando esse delicioso momento! 
Perdidamente apaixonados tu e eu
frenéticos juramos amor eterno... 
Saboreando cada toque, cada ato,
a cada olhar nos completavamos
na grande loucura sensual...
O luar  nos espreitava
com inveja de tão belo amar ! 
Exausto em meus seios te deixei adormecer.
Zelei por teu sono até o amanhecer
E como um pássaro cansado de voar,
cativo à esse ninho viestes para ficar.
Pássaro e ninho
desfrutando de amor eterno! 

Ana Maria Brasiliense
Enviado por Ana Maria Brasiliense em 08/11/2006
Reeditado em 08/11/2006
Código do texto: T285274
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Maria Brasiliense
Santos - São Paulo - Brasil
878 textos (36678 leituras)
14 áudios (880 audições)
3 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:22)
Ana Maria Brasiliense