Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COTIDIANO

Estou vazia.
Não ocupo todos os meus espaços.
A solidão me contém.
Crises anunciam que a intenção,
memória e realidade precisam de revisão.
Revejo conceitos
de identidade e liberdade de ação.
Dúvidas paralisantes,
questionamentos infindáveis.
Imagens divididas da realidade.
Decisões penduradas no varal do tempo.
Máscaras caem.
O sol beija minha face nua.
A mente aberta inspira os próximos passos.
Idéias novas fecundam meu cotidiano,
O rumo fica mais claro.
Ajo na direção de um alívio profundo.

Julho/2006
Sonia Benato
Enviado por Sonia Benato em 08/11/2006
Reeditado em 08/11/2006
Código do texto: T285396

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (SONIA BENATO). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Benato
São Paulo - São Paulo - Brasil
58 textos (1709 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:29)
Sonia Benato