Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A vida é uma partida de futebol

Talvez seja a vida
Como uma partida
De futebol

As vezes em bons campos
Torcedores aos prantos
De baixo do sol

De manhã acordar
É como começar
O jogo esperado

Se perco a hora
É carrinho sem bola
E fui penalizado

E já no trabalho
Como no vestiário
O uniforme a trocar

Sento na frente do micro
Escuto o apito
É bola a rolar

No primeiro passe
É como se jogasse
Em estádio que pega fogo

O escritório cheio
E meu patrão já veio
Com instruções de jogo

A impressora está sem tinta
Primeiro tempo aos trinta
Pra quem reclamar?

Tem que cobrar escanteio
E correr pro meio
Pra cabecear

Memorando tocado como bola
Do financeiro veio de volta
Ninguém protocolou

Corri pro ataque
Arbitro com má vontade
O lance anulou

Só o intervalo resta
Tenho que escutar palestra
Como palavras ao vento

Só to preocupado
Com o meu salário
Ao fim do segundo tempo

E se por acaso
Algo do trabalho
Ficou tudo com falha

Já abrem o berreiro
Como se eu fosse zagueiro
Que fez falta na área

Mas ja não demora
Pra tomar a bola
E correr pro ataque

Drible no volante
Como centro avante
Na empresa o craque

Acabando meu horário
É pasta no armário
Minha hora chegou

E é indo embora
Que chuto a bola
E marco meu gol
Denio Limeira
Enviado por Denio Limeira em 08/11/2006
Código do texto: T285518
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denio Limeira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
82 textos (4873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:50)
Denio Limeira