Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alardes & Ladainhas!

Bainha justa, cano alto, tempo remodelado,
Agruras a descoberto, intenções positivas,
O corpo em busca de acalentos na verdade,
A proximidade mesmo que tão silenciosa,
No olhar teimoso sobre a pele, leve toque,
Pequenos anseios convertidos em afagos...

Nesse riso descompromissado, brilhante,
A volúpia nervosa & transbordante,
De soslaio pressente os tremores do corpo,
Na forma que se apresenta, toda atenção,
Pequenos detalhes tomam importância,
Compreender até quando se discorda...

A pressa vira uma coisa sem sentido,
Mas não se perde um compromisso,
Mais que um ombro, colo amável,
Tateando as dobras, as texturas,
Conversa ou sussurros tão sensíveis
Traz até a boca o próximo beijo!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 08/11/2006
Código do texto: T285562
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:41)
Peixão