Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Comoriente


Ando com vontade de dizer poesia
De aprisionar o verbo, calar a voz
Ando querendo me encolher a sós
E rasgar o coração só em poesia

Ando buscando alguma romaria
Nas ruas, nas esquinas, um compasso
Na espera dos teus olhos, mais um passo;
Sonhava o mundo no teu rastro, numa romaria.

Viajou para tão longe o meu amor
Que toda busca em derredor, dá em nada
Marejam olhos, sou viagem de mão dada
Meia presença; e ando longe com o meu amor.

Um dia aqui fiquei e fui real partida
Deixei à vida o desfecho, a conclusão
Mas almejava em minhas mãos a decisão...
Um dia te segui e aqui estou, partida.


Sônia C Prazeres
Enviado por Sônia C Prazeres em 08/11/2006
Reeditado em 09/02/2007
Código do texto: T285572

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sônia C. Prazeres www.soniaprazeres.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sônia C Prazeres
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
178 textos (8564 leituras)
15 áudios (1757 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 09:57)
Sônia C Prazeres