Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Irremediável



Em tanto tempo se fez esse querer
que as tantas vezes em que o busquei,
troquei passos, parei...
Olhei para os lados,
não achei...
e continuei a caminhar...

as palavras foram mal expressas...
não entendestes as minhas pressas...
porque tu compreendes o que é esperar...

trago o peito cheio de vontade,
meu desejo é maior que a saudade...
me cansei dessas noites sombrias...
ocasos lastimáveis de tantas horas vazias...

repetições sem fim das mesmas rimas,
precárias promessas, diferentes climas,
mas, nada que me trouxesse algum sentido.

Às vezes, penso que é tudo vai dar em nada!
À caminho de outra poesia amargurada,
por permanecer onde não posso mais ficar...

irremediável é agora esse contato,
além das telas, além dos bites,
além das celas, os outros sites,
além da web cam que favorecia.

Irremediável é a tua companhia,
além da fossa, acima do fosso...
te quero comigo, mas... em carne e osso!!!


ENIGMA
Enviado por ENIGMA em 08/11/2006
Reeditado em 16/07/2013
Código do texto: T285858
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ENIGMA
Seattle - Washington - Estados Unidos
1110 textos (180350 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:35)
ENIGMA