Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outro Lance



De onde viriam teus versos imersos
na saudade de uma presença
que não permites o acontecer?
Resgatas dores que te fazem linda em poesia,
mas, a que resumes teu possível viver?

Entregar-te-ia ao que pensas agora amar?
Aceitarias o que a ti é possível oferecer?
Vivencias deveras tuas fantasias,
no entanto, com o tempo, sabes o que vais perder...

tenho medo por não saber-te as cores
com as quais prenderia teu olhar...
Amo às cegas, mas não te quero tão sozinha...
afinal, o que, me digas, te impediria
de ser totalmente minha?

Colocando as cartas sobre a mesa,
exponho meu jogo, minha sinceridade...
disponho de outro lance, a minha verdade...
não blefo, te quero, guarde contigo essa certeza...

não canse...
se lance...
vem me amar!


September 14, 2006.





ENIGMA
Enviado por ENIGMA em 09/11/2006
Reeditado em 21/07/2013
Código do texto: T286549
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ENIGMA
Seattle - Washington - Estados Unidos
1110 textos (180392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:57)
ENIGMA