Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lascividade errônea

"...as coisas se esvaem de seus propósitos e fica só a casca, sem recheio, como um ovo vazio por dentro..."

 ...........................

Sêmen infestado na mãe impura
Respingado ante aos espelhos da desventura
das clausuras dos conventos bestiais;

Ternos sem ternura em naftalina
Condenando úteros à sua sina
De cuspirem seus frutos anti-sociais.

Gera-se no fruto do instante cifrado
O fado da fadária lascividade errônea
Dos que ejaculam o gozo comprado.

Na galhardia do romantismo usurpado
Dorme o casal do gozo convencionado
Com o preço da lascividade outorgada!

A convivência inevitável do gozo expurgado!




Kal Angelus
Enviado por Kal Angelus em 09/11/2006
Reeditado em 09/11/2006
Código do texto: T286700
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Kal Angelus
Teresina - Piauí - Brasil
322 textos (9131 leituras)
1 e-livros (4 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:26)
Kal Angelus