Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUEM ?

QUEM ?
Elane Tomich
Quem perverteu,
mais do que eu,
a rósea rotina
da minha sina
e sem receios
ordenhou meus seios?
Quem descobriu a fonte
água dos montes
e se alimentou
da minha nascente?
Quem me chamou do céu
com a razão doente
desfez-me dos véu,
de um verão -inverno
no mesmo lugar
onde mora o inferno
deixou-me, deixar?
Quem me deitou na grama
levantou-em a saia
rasgou-me a cambraia
rolou-me na lama
qual lençol de linho
com goma ecarinho
e depois do amor
roto e rasgado?
A quem, invasor de mim
permiti o assalto
rasgando-me sins
mal contados
rolando-me em ninhos
nos galhos mais altos
em ais me engasgava?.
Quem me grilou a terra
em morna e mansa guerra
trincheira na serra
luta de sentidos?
Quem no meu segmento
plantou o alimento
que me sustentou?
Quem me deixou parada
olhando a estrada,
sem remorso ou dor
com a alma emperrada,
desejando quem,
fingindo desdém
súplica de amor
em igual empreitada?
Elane Tomich
Enviado por Elane Tomich em 28/06/2005
Código do texto: T28710
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elane Tomich
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
319 textos (11466 leituras)
1 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:09)
Elane Tomich

Site do Escritor