Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Homem que eu Amo Tanto


O homem que eu amo tanto
cultiva constelações
no saber de abrir caminhos
em vias de corações.

O homem que eu amo tanto,
harmoniza o caos em ninhos,
despe-me de tolas dores,
a me cobrir de carinhos.

O homem que eu amo tanto
faz mosaicos de querer,
enlouquece-me com flores
transforma a fera em mulher.

O homem que eu amo tanto
sabe a voz dos vagalumes,
conhece a luta da vida,
distingue tons de perfumes.

O homem que eu amo tanto,
sabe o que me domina
brincando de não dizer,
conhece ocultos fascínios
em meu alar anímico

O homem que eu amo tanto,
mata minha sede de ser
tem no peito minha guarida
e chora em mim de prazer.

O homem que eu amo tanto
canta em forma de oração
vive em forma de canção
e me chama de querida!
Elane Tomich
Enviado por Elane Tomich em 28/06/2005
Reeditado em 24/11/2013
Código do texto: T28803
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elane Tomich
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
319 textos (11467 leituras)
1 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:32)
Elane Tomich

Site do Escritor