Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Retorno do Rei

Velas na janela iluminam meu castelo.
Uma brisa leve canta para mim.
Sirinies povoam a minha cama
E consomem o meu corpo.

Perco-me em fragmentos
Do que sou e do que fui.
Sinto o aço das espadas do tempo
Me banharem em sangue e me lavarem em lágrimas.

Pelos corredores a dor ecoa.
São violinos furiosos,
Devoradores das almas dos homens,
Rancores divinos.

Em cada sala uma batalha a ser travada.
Os espelhos refletem o medo e a ira.
Entre a cruz e a espada só resta o sorriso da morte
Em seu trono de carne e osso.

Toma-me pela mão a bruxa de Aton.
Enebria o meu ser com seus raios de sol.
Faz de meu coração o seu poço de sangue
E seu sarcófago pulsante.

O aríete sagrado desfaz os portões da dúvida.
As torres estão em chamas.
O prisioneiro será libertado
E com seus grilhões reinará para sempre...
Alex Dumal
Enviado por Alex Dumal em 11/11/2006
Reeditado em 12/09/2008
Código do texto: T288153

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Dumal
Guara I - Distrito Federal - Brasil, 38 anos
43 textos (1460 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 11:59)
Alex Dumal