Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Angústias noturnas

...e a noite se faz perto
dentro de meu ser
em cantigas silenciosas
de versos mal soprados
em brisas quentes
de alucinações doentias

...e a noite vem soberba
em véu de mágicas sutilezas
enchendo de tristeza
o vazio de minha alma
que angustiada clama paz
entorpecida na solidão

...e a noite domina
a quietude da alma
que implora com paixão
a presença de alguém
no sentido de viver
a vontade de um afeto

...e a noite sufocante
estende o tempo de um segundo
alonga as falhas do dia
derruba as nobrezas do mundo
e segue por si contida
no breu da angústia
na solidão sentida

...e a noite esconde o dia
que quis ser melodia
na cantiga inocente
de um afeto cintilante
de um seguir adiante
sem temores
sem amores
em queda livre...
NENINHA ROCHA
Enviado por NENINHA ROCHA em 11/11/2006
Reeditado em 03/12/2006
Código do texto: T288347
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
NENINHA ROCHA
Guarapuava - Paraná - Brasil, 56 anos
310 textos (10915 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 23:59)
NENINHA ROCHA