Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Gravidade do Amor

Declamo palavras neste papel
No recreio da imaginação
Estou nas nuvens do céu.
 
Mergulho num infinito azul, e
acabo-me por versos da sua melodia.

Assim, acordo.
No ninho, e você no ar.
E o vento vai levando seu poema lindo,
que voa... voa... feliz a cantar.

Vou pular, quem sabe voar
ao menos tentar...
Para algum dia poder te amar!

Vitor Berigo
Enviado por Vitor Berigo em 11/11/2006
Reeditado em 01/06/2010
Código do texto: T288499
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vitor Berigo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 31 anos
53 textos (2792 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:10)
Vitor Berigo