Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sensibilidade

Somente mais um poema
Em versos curtos
Um tanto roucos
Saem em sussurros
No fim da noite
A desejar
Um sorriso puro
Claro e sincero

Será a esmero meu
Conselho vivo
De um amigo morto
Sentir a violeta
De seu corpo quente
Derretendo
Em calorosos sentimentos

Conceitos raros
No seu abrir de porta
Onde o claro
Da evolução dos fatos
Está no mínimo
Dos detalhes perdidos.


O que de Souza
Enviado por O que de Souza em 11/11/2006
Reeditado em 31/05/2013
Código do texto: T288524
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
O que de Souza
Curitiba - Paraná - Brasil, 29 anos
335 textos (8757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:02)
O que de Souza

Site do Escritor