Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULTIDÃO

Multidão!

Gente, muita gente
Conversa fiada palavras inúteis
É o cortar na casaca
O dizer mal do parceiro

Olhares penetrantes!
Em redor da multidão
É a podridão do sentimento humano!
Olhares curiosos, oportunos
Prontos, a cochichar

Multidão!

Dispersa de si mesma
Quais aves em debandada
Procurando abrigar-se dalguma tempestade...
…Fugindo em todas as direcções

Assim o fazem as pessoas

Furtando-se ao diálogo concreto, e objectivo
Dispersando-se cada uma para seu lado
Com medo de serem agredidas…
…Na sua sensibilidade

É a hipocrisia, a insensatez
É o desrespeito, pelo seu semelhante!
Mário Margaride
Enviado por Mário Margaride em 12/11/2006
Reeditado em 12/11/2006
Código do texto: T289227
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mário Margaride
Portugal, 64 anos
373 textos (27596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:43)
Mário Margaride