Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                MANHÃ SEM PROPÓSITO...

DO MEIO DO NADA
A MANHÃ É CHEGADA...
TRAZ VESTES MOLHADAS
DENTES BRANCOS
RISO FRANCO
BOCA ESCANCARADA...
ECOA NO DIA
SUA RISADA
SUA MELODIA
É SINFONIA
DO CRUZEIRO DO SUL
ROUBADA...
BATEU Á MINHA PORTA
AO EXPIRAR A MADRUGADA
VEIO DO MEIO DO NADA...
NÃO TROUXE ONTEM, AMANHÃ,
VEIO SEM VERGONHA,
SEM NADA...
APORTOU TÃO SEM PROPÓSITO!!
MAS, É TÃO BONITA!
TRAZ DAS FLORES O MEL,
E OS OLHOS COR DO CÉU,
TRAZEM TANTAS PROMESSAS
TANTAS,
QUE ATÉ O ASTRO REI
EM CHAMAS SE LEVANTA
E A BEIJA... SEM PRESSA...
Teca
Enviado por Teca em 13/11/2006
Código do texto: T289951

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1120 textos (122831 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:46)
Teca

Site do Escritor