Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VADIA, CULPADA!

Vivia na rua. Tristeza
Comia na Calçada. Calada
Morava no buraco. Viaduto
Seu mundo. Bruto. Injusto
Morreu com o que veio. Sem nada
Depois de morta. Na fila
Ainda foi destratada. Palavra!
Autoridade declara. Fria:
Morreu onde morava. Na Rua
Só queria ser atendida. Cidadã
Mas foi condenada.
Pela secretária da Saúde
Via imprensa
De antemão. Culpada


...........
Texto escrito sobre manchete de jornal, que noticiou a morte de uma moradora de rua morre na fila de atendimento de um pronto-socorro em São Paulo, e a declaração da Secretária da Saúde de então, de que não aconteceu nada demais, que ela havia morrido onde vivia, na rua.
Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 13/11/2006
Reeditado em 13/11/2006
Código do texto: T290164

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Célio Pires de Araujo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1075 textos (32936 leituras)
2 e-livros (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:02)