Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOJE

HOJE
Hoje, eu tenho.
Tenho apenas o hoje
Chamam-no de presente
O instante precioso

Hora do instante, quase imarcescível?
Talvez queira o êxtase!
Chamam-no de devaneio
O instante é o presente que tenho.

Tenho a chuva no telhado
Molhando o chão, água acolhida no seio da terra,
Chamam-na de enxurrada

Tenho a riqueza da terra úmida
Tenho a mina da riqueza
Chuva e terra, chamo-las de vida.
CIRLON PEREIRA
Enviado por CIRLON PEREIRA em 13/11/2006
Código do texto: T290588

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CIRLON PEREIRA
Ilhéus - Bahia - Brasil, 44 anos
208 textos (24690 leituras)
12 áudios (364 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 09:58)
CIRLON PEREIRA