Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisas de Forno!

Tombou o perfume pela pia, alguma perda,
Tarde que a noite encobre com garoa,
O olhar navegou naquele balanço ágil,
Sentiu o riso maroto, pele vibrando,
Nem pensou, tal o toque tão positivo,
Sabia que apenas tinha que esperar,
Mensagem logo absorvida, preparativos,
Tudo ao alcance para facilitar a noite,
Outro toque, mais dois ritmados, aromas,
O corpo em êxtase & total convulsão,
Tamanhos eram os desejos à saciar,
Respirou fundo procurando tranqüilidade,
Buscando ter todo o equilíbrio,
Dirigindo à porta, esperando o toque,
Mas nada, nem uma menção mesmo,
Buscou o olho & nada, sem movimento,
Com certo receio abriu a porta então,
Pelo janelão voou um galho seco,
Que tropeçou na mureta, na escada,
Bateu duas vezes repicados, vento,
Último toque até parar no capacho!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 14/11/2006
Código do texto: T290784
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:39)
Peixão