Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAVALOS EM CHAMAS

Os homens sofrem demais.
Esperam o ônibus que não vem,
esperam a tarde que não vai,
não dormem à noite,
jazem sós, no frio da cama.
Os homens nascem para sofrer.

Os homens ambicionam recomeços,
desejam recompensas,
apostam suas almas
em jogatinas perversas.
O que querem os homens?
Aparecer diante de outros homens.

E se drogam fartamente.
Os homens bebem e se calam,
e gritam de repente 
levados pela loucura do momento.
Na rua, os homens dançam
na obrigatória alegria do Carnaval.

Os homens juntam moedas
e pagam prostitutas,
e doam dízimo às igrejas
de vidro e papelão.
Os pastores de porcelana gritam,
chamam os homens perdidos.

Igrejas de homens perdidos
erguem louvores a um deus
que só existe em seus pensamentos,
um deus reconstruído
de acordo com os seus desígnios
de homens sem sabedoria.

Os homens compram alegria,
mas a derramam nos vasos
das mais imundas privadas
de suas pequenas cidades.
E compram revistas que mentem
sobre o amor e a vida.

Mesmo o mais rico dos homens
tomba miserável diante
da clava impiedosa da morte.
E o amor, confundido com posse,
os escraviza mais e mais
nas senzalas do medíocre.

Os homens matam as mulheres,
os homens morrem pelas mulheres,
as mulheres caladas
acariciam as cabeças dormentes
dos homens semimortos.
Os homens nascem para sofrer.

A paisagem ferve.
Os cavalos vêm furiosos
rompendo a aurora,
cortando o deserto,
trazendo trovões nas patas,
queimando.

Os homens nascem para sofrer.








Francisco C
Enviado por Francisco C em 14/11/2006
Código do texto: T290976

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.franciscocampos.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco C
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
363 textos (25678 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:30)
Francisco C