Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha mãe

Essa poesia foi composta pela minha filha como presente do dia das mães, ano passado.
Janaína Almstadter Zanella
 
Bem aventurada mulher, senhora, menina,
Alma guerreira, de natureza curiosa,
Sonha acordada...
Acorda sonhando...
Sonha colorido num mundo desbotado.
Caminha sobre espinhos alcochoados.
Sorri para o sol em dias de tempestade.
 
Bem aventurada madre da qual fui primícia,
Mãos sempre a labutar, desafiando incertezas,
Talento incorrigível,
Presença rumorosa,
Ante as desventuras e efêmera dor,
Mergulha em seu Éden de sonhos poéticos
Onde lágrimas se transformam em flores.
 
Bem aventurada maestra das palavras,
Poetisa incompreendida, de sentimentos aguçados,
Sentimentos difusos,
Coração apaixonado,
És constelação em meio a estrelas,
O horizonte é seu ponto de partida,
O sonho será sua realidade.
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 29/06/2005
Código do texto: T29181

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55640 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:22)
Angélica Teresa Almstadter