Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versos muitos

Esgotou toda tinta do meu tinteiro
Não sobrou uma folha de papel
Só esse verso que escorre inteiro
Derramando pelas bordas do tonel
Como fogo a consumir-me em brasa
Queima-me o ventre, as entranhas
Brota. Ferve. Escorre e cria asa
Vórtice de forças tamanhas
Verso febril escandaloso
Explode no peito desesperado
Se deita no papel amoroso
Dengoso esperando ser amado
Rasga-me até eu enlouquecer
Varre em mim tantas palavras
Põe-me tonta a estremecer
Sedenta a produzir tantas lavras
Falta o ar mas não falta a veia
Pronta para receber nova injeção
De inspiração em cadeia
Afagos do meu dileto coração
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 29/06/2005
Código do texto: T29203

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55634 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:21)
Angélica Teresa Almstadter