Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não deixarei...

Não deixarei
a brisa passar por mim
sem que eu sinta seu afago,
não deixarei
aquele pássaro cantar
sem interiorizar seu canto
não deixarei
as nuvens transformarem-se
sem captar cada um de seus desenhos
não deixarei
o sol queimar-me a face
sem que eu pense sobre o seu poder
não deixarei
a lua sussurrar-me fantasias
sem perceber-lhes o misterioso alcance
Não deixarei
que a chuva molhe o meu corpo
sem inundar-me também a alma
Não deixarei
o vento forte invadir, levando tudo
sem antes indagar-lhe o rumo certo
Não deixarei
os astros decidirem meu destino
sem antes estudar suas razões
Não deixarei que tudo passe,
que o sorriso de meu amigo,
a rejeição de meu inimigo,
cada palavra de meu amado,
cada beijo ou abraço da vida
diluam-se no vir-a-ser.
Sem imprimí-los nas telas da memória
nem que seja... para guardá-los agora
e entende-los,depois...

Escrito em novembro de 2004
Mareluz
Enviado por Mareluz em 15/11/2006
Código do texto: T292468
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mareluz
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
679 textos (19415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:48)