Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada Claro

Sentado vejo nas janelas dos meus olhos dois pássaros negros e a noite escura, lá fora e me lembro de quando era criança sentindo a minha infância pelos meus dedos escorregar.

Infância triste, mas infância nobre pois distinguia o que era de ferro ou de cobre
que rodeava meu ser, ser puro, ser impuro apenas ser...

Hoje na escuridão da minha janela e na negritude de meus pássaros vejo o fim do começo que NADA esta por vir

Dom Henrique Novo
Enviado por Dom Henrique Novo em 16/11/2006
Reeditado em 27/12/2006
Código do texto: T292573

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dom Henrique Novo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dom Henrique Novo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
98 textos (4859 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:31)
Dom Henrique Novo