Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Narcose Mental

Narcose Mental

Acabou em reticências a frase ressoante...
Talvez esta escada leve-se um pouco mais,
E acima de nossas cabeças a súplica termina.
Sem destino, sem tréguas;
Minha fé deve ser cega!
Minha crença deve ser única!
Meus sapatos não afundam,
Pois sou todo elementos.
Será esse um penar breve?
Não há força negativa,
O coração quer PAIXÃO!
Será um levante que me eleve?
A vida quer existência;
A luta deve ser cega!
A guerra deve ser única!
Sou um todo divino perfeito,
O aspirante a auto-ajuda...
Pois, cada pessoa é uma
Que unida são sonhos possíveis.
Nisso o universo conspira
E o presente momento reage
À ausência de prognósticos...
Mas, toda ação é motivo
Para um resto todo mistério.
E o redentor é meu,
É cego, único;
É sexo...
É mistério!

Bornnye
31/03/1998.
Bornnye
Enviado por Bornnye em 16/11/2006
Código do texto: T292620

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bornnye
Guarulhos - São Paulo - Brasil
7 textos (95 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:19)
Bornnye