Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chora palhaço...

Por detraz da mascára,
das pinturas coloridas,
das piadas engraçadas,
com as quais colore a vida,
chora o palhaço...
Nas esquinas da vida,
nos cantos e recantos,
tantas dores, desamores,
desesperanças...
E na frente das crianças,
que talvez nem sabem das agudezas da vida,
sorri o palhaço,
faz graça, faz troça!
Longe das palhoças,
onde faltam talvez a comida,
a acolhida, de braços feito abraços,
de bocas que não se transfiguram em beijos,
e línguas, que não vibram palavras de amor...
É na frente das crianças
que se mostra o talento do palhaço:
Transformar tristezas em alegrias!
E nos caminhos de minha vida,
no dias mais tristes do caminho,
onde das flores só toco os espinhos,
que me faço palhaço,
que faço troça com meu sofrimento,
e piada do que me oprime o peito!
E saio de cena, como o palhaço,
que deixa um gosto de quero mais...
E assim, vou ao encontro de meus ais
e se choro, já não choro tanto mais...
Pois deixei em vez do pranto um sorriso,
e no ar um sentimento de alegria e paz!
Chora palhaço,
não pela dor de quem te ouviste as troças,
chores só quando, não fores o palhaço mais!
E assim já não haja para nós, uma esperança.

Edvaldo Rosa
16/11/2006
WWW.SACPAIXAO.NET
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 16/11/2006
Código do texto: T292940
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173697 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 11:01)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor