Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vivendo no silëncio

Talvez não me ame de verdade
como pensei que amava.

Se não sou capaz de amar a mim
como vou amar ao meu próximo?

Como amar ao outro?
Como amar o sol e as outras estrelas?
Difícil de entender e mais difícil
de ser compreendida.

Na verdade às vezes acho que é isso.
Ainda não fui totalmente
entendida e compreendida.

Será que é isso?
Pensar que sou forte
para suportar tanta dor
é não me compreender direito.

E veja, ontem um turbilhão
de palavras de adeus
e hoje o silêncio total
até agora.

O que se pode pensar?
E eu aqui falando e falando.
Acho melhor calar também
e deixar o tempo passar
e o vento levar meus pensamentos
e falar por mim o que quero dizer...
 
Maria
Enviado por Maria em 16/11/2006
Código do texto: T293034
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4661 textos (189867 leituras)
1 e-livros (110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/05/17 17:57)
Maria

Site do Escritor