Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MANHÃ SOBRE A BAÍA


Um barco solitário na baía
acorda-me todo dia,
do alto do meu prédio amanhecido
barco, solidão, poesia.

Estico o dedo vário
e longe toco o barco imaginário,
do alto do meu prédio amanhecido
meu poema solitário.

Um barco moroso e solitário
navega à poesia
do alto do meu prédio imaginário
luz, velame, baía.
Enzo Carlo Barrocco
Enviado por Enzo Carlo Barrocco em 30/06/2005
Código do texto: T29464
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enzo Carlo Barrocco
Belém - Pará - Brasil, 57 anos
747 textos (135113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/02/17 19:09)
Enzo Carlo Barrocco