Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cefaleia Poética

Quem disse que nos poetas
Somos incrédulos
Através da poesia
Chegamos próximo a Deus
E escutamos a voz do coração
Como se fosse uma oração
Nesse momento
interno de reflexão
quando todos os sentidos
perdem os sentidos
a ele suplicamos
A dádiva do amor maior
em nossas vidas
para que nunca nos falte
essa angustia do escrever
nem o dom do lamento
e que sempre tenhamos
um alguém para nos fazer sofrer
que em todos os momentos
desarrume o nosso destino
bagunçe o nosso cotidiano
desalinhe nosso o dia a dia
que seja uma louca obsessão
nos curando da solidão
deixada por um outro alguém
que outrora foi o desejo
de nossa existência
cicatrizando as feridas abertas
purificando a alma
nessa eterna penitência
de escrever a alegria,
tristeza ,sofrer e a paixão
embriagado pelo amargo
teor da decepção
essa é a essência do poeta
que a cada por do sol
libertasse da escuridão
e renova às esperanças
que resplandecera
ao amanhecer de um novo dia
tornando a vida mais suave
para quem lê suas poesias...

Amado Portti
Enviado por Amado Portti em 18/11/2006
Código do texto: T294682
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Arcanjo Miguel). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Amado Portti
Porciúncula - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
698 textos (46598 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:29)
Amado Portti