Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UIVO

Vórtice notívago
Janela de vidro aberto
Paralelas que sujam blusa
Do batom que te tiro da boca

Variei os encontros
Com teus desejos noturnos
Enquanto a Lua que fitas
O mar me clama

O retorno é líquido
Tão certo como a lunação
O amor é sentido
Com os apertos do coração

Madeiras à vista
Torres viradas para o Sul
Fui ler Hollywood
Bukowski não está mais aqui

Termas passadas no ar
Lacres a janela notívaga
Teu beijo não está perdido
Ainda tomo de pirata do mar

Não quero teus olhos vermelhos
Sinta a brisa que chega
Lira cotidiana com anseios
Senti um arrepio na tua pele

O velho lobo que uiva
Ainda te traz paixão
Devaneios em cantigas furtivas
Outro beijo no coração.

A Lua é outra fiel companheira!

Peixão89
(6/10/2003 21:37:57)
Faz parte do e-book "A SAGA DA LOBA DAS ESTEPES".
Peixão
Enviado por Peixão em 30/06/2005
Reeditado em 23/11/2006
Código do texto: T29506
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:48)
Peixão