Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÚTERO DA DOR


 

 
Enclausurei a estúpida  vida
no útero escuro da dor
Medo de  não saber viver ,
sob os raios do reluzente sol
 
Nos labirintos da ilusão
teci meus pálidos dias
Com o terço da agonia
rezei os mistérios da solidão
 
Solidão de ser um poema torto
Nos versos  brancos vejo-me
como um pobre sonho morto,
no frio jazido do coração
 
 
Triste coração amordaçado
pelas algemas do tempo
Nas muralhas do sofrimento
chora  lágrimas carbonizadas.
Recife-Pe

 
 
 
 
Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 19/11/2006
Código do texto: T295758
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6804 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/11/17 05:20)
Zena Maciel