Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No delírio do amor


 
Enquanto o tempo brinca com as horas
Nosso amor tece o infinito
E caminha a eternidade
Floresce ao despontar da autora
Compondo um cenário bonito
Onde se movimenta com facilidade...
 
Enquanto a sucessão dos segundos
Dá-se em frenética velocidade
Nosso amor resguarda-se em estranha harmonia
Intensas explosões que alcançam outros mundos
Arrebatam a paixão que queima com voracidade
Cada espaço em que se encaixa a poesia.
 
O tempo inexiste neste instante
Há apenas a percepção do existir
Essência aguda do que é viver
Há entre nós dois uma ânsia alucinante
Que nos leva ao desespero do sentir
Entregues às loucuras do prazer.
 
 
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 19/11/2006
Código do texto: T295798
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215223 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:07)
Priscila de Loureiro Coelho