Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Era simples assim...

Pela manhã
abria-se o Livro da Vida.
Cenas cotidianas
impressas saltavam,
povoavam o mundo...
o meu mundo.
E quase não era preciso
acreditar em contos de fadas,
para sobreviver.
À tarde,as imagens da manhã
reproduziam-se lentamente,
relutando em retornar
às páginas do livro,
sem concretizar o sonho.
E, á noite,
quando o cansaço apagava
todas as luzes
(e, um lanterneiro eficiente
acendia as estrelas do Céu)
o livro se fechava.

Enquanto isso, o autor
prosseguia incansável,
pesquisando material onírico,
em terras desconhecidas...

Era simples, assim.
Quase inacreditável,
de tão simples.

(2005)
Mareluz
Enviado por Mareluz em 20/11/2006
Código do texto: T296645
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mareluz
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
679 textos (19404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:58)