Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Depois das Águas!

Tudo havia virado um grande buraco,
O tempo começava a esquentar, alguns dias,
No recuo das águas da torrencial chuva,
Escombros ficavam à vista, tanta espera...

Tudo muito ruim, duro encontrar alimento,
Nada mais restara, hora de sair à procura,
Tantas coisas estragadas como sobras,
Nenhuma alma nas proximidades, silêncio...

Tudo largado, abandono geral, parado,
Tamanho vazio, só resta juntar coisas,
Saindo da toca, uma olhada pelo redor,
Ninguém à vista, batendo algumas portas...

Tudo parecia uma grande Ilha deserta,
Apesar do Sol, um vento cortante,
Náufrago em terreno por Hora seco,
Será que ainda está de pé a pitangueira?

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 21/11/2006
Código do texto: T297077
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120255 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:13)
Peixão