Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Antes de Morrer

Esta vida que desgraçamos inutilmente
Com nossos ódios e intrigas
E questionamentos e vãs filosofias...
Esta mesma vida, se tivermos coragem
De sairmos do centro da voragem,
Pode ser vivida de modo diferente!

As ânsias que nos consomem, dia a dia,
Por causa das derrotas que sofremos,
Das vitórias, que utopicamente atingimos,
São tão ilusórias que chegamos a sorrir!
Até dos que estão prestes a cair!
De carregar tanta tristeza e agonia.

E ainda nos comparamos a Deus
Dizendo que somos sua imagem e semelhança,
Agindo assim como fontes amargas
Que a tudo contamina com seu veneno,
Que faz dum ciclope um pequeno
Palhaço, desprezado até pelos seus.

Ah, mas um dia haverá em que serão
Os sábios ouvidos e não repudiados
Como os que ainda ousam levantar
A voz diante de tanto desamor na Terra!
Planeta que é nosso desde o mar até à Serra
Abrigo que Deus nos deu de coração!

Apertemos as mãos, o que temer?
Somos feitos da mesma matéria, irmãos!
Para onde vou todos irão também um dia!
Não deixemos que o tempo, que tudo desfaz,
Passe sem que tenhamos construído a paz;
Sem que tenhamos aprendido a morrer.

Aracati-Ce., 09 de novembro de 2006.

André Breton.


André Breton
Enviado por André Breton em 21/11/2006
Código do texto: T297372

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Breton
Aracati - Ceará - Brasil, 31 anos
60 textos (11783 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:47)
André Breton