Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aos Ventos

Ao amigo-irmão Geraldo Sincero, que me lembrou dessa pérola dos idos tempos de colégio. Sempre.


Deita-te em teu leito
Navega a vida como um barco
Com o manto da liberdade
Faz o que tiveres vontade!

Sobe aos céus
Abraça as estrelas
Domina o mundo
Faz o que tiveres vontade!

Se a vida não te agradares
De rogado não te faças
Traça rotas para outros mares
Faz o que tiveres vontade!

E quando por azar ou sorte
Alcançar-te um dia a morte
Satisfeito confirme se indagar-te
"Fizeste o que tinhas vontade?"

Umuarama, 24 de setembro de 1997.
Revisada em 21.11.2006.
Tiago Inforzato
Enviado por Tiago Inforzato em 21/11/2006
Código do texto: T297526

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tiago Knoll Inforzato). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tiago Inforzato
Umuarama - Paraná - Brasil
84 textos (34759 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:21)
Tiago Inforzato