Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Kissuco


Euna Britto de Oliveira
www.euna.com.br



Japoneses e chineses – como eucaliptais,
Todos muito parecidos uns com os outros,
Embora não completamente iguais!!!...

Kissuco é o brasileiro mais nipônico que conheço!
Ou será o japonês mais brasileiro que mereço?...
Só sei que o nome dele nem é este.
Este é o apelido de
Ricardo Tsuguhito Yamada,
Natural de São Paulo,
Filho de pais japoneses.
Ele é sansei ou nissei?
Nem sei.
Na “república” de estudantes,
Em Ouro Preto,
Deram-lhe esse apelido.
Tsuguhito?...
Melhor facilitar!
Mudaram logo pra Kissuco!
Quem pode com estudantes de Ouro Preto
Em suas várias "repúblicas"?...
A de Kissuco era a PERIPATUS.
Conhecia muito uma menina da república BICO DOCE...

“Meu filho japonês” foi embora...
Será que volta?

Kissuco conta tantos casos do Japão!
Gosto de ouvir!...
Na cultura japonesa,
Diz Kissuco,
As mulheres podem fazer o mesmo trabalho que os homens,
E até melhor do que os homnes,
Mas ganham menos.
Diz também que há mulheres que não trabalham fora.
Ficam sendo responsáveis pela
Administração do lar com o dinheiro do marido.
Pra comprar cerveja,
Ele tem de pedir dinheiro à mulher.
Diz Kissuco que é assim.
Não sei.
Responsabilidade dele!...
— E você, Kissuco, quando casar,
Vai dar seu dinheiro
Para sua mulher administrar?
— “Eu?!... Nunca!”
Responde-me Kissuco, categórico,
Em conversa ao telefone,
Meio-dia aqui, meia-noite lá...

É isto, Kissuco!
“É tempo de murici,
Cada um cuide de si!”
Tanto aqui quanto aí!...

— "Mãe, o que é catarse?"
Pergunta-me a menina que morou na república BICO DOCE,
Enquanto estudava Nutrição,
Em Ouro Preto..

— Catarse é isto que estou fazendo...
Respondo-lhe,
Escrevendo...

-----------------------------------------------------------


Para Kissuco, com todo o meu carinho.
Euna
-----------------------------------------------------------
Repúblicas de Ouro Preto - Moradias Estudantis

As repúblicas de Ouro Preto são únicas no Brasil. Nenhuma outra cidade universitária tem as características de moradias estudantis ouropretanas. São dois tipos de república: as federais, casas mantidas pela Ufop; e as particulares, mantidas por seus próprios moradores. Cada uma tem uma história diferente, e a entrada em cada uma também tem particularidades.

Há repúblicas em que os calouros, conhecidos como bixos, têm de cumprir um estágio, chamado de batalha, para serem aceitos definitivamente como moradores das casas. Essa é a época do calouro conhecer os moradores da república, e estes também conhecerem o candidato a morador. A escolha deve ser unânime.

Toda república tem regras de convivência que variam de casa para casa. As particularidades das repúblicas de Ouro Preto foram estudadas pelo historiador Otávio Luiz Machado. Otávio é graduado em História pela Ufop, e morou na república Aquárius, no centro histórico de Ouro Preto. Visite o site do historiador Otávio Machado
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 21/11/2006
Código do texto: T297728
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (34673 leituras)
6 áudios (364 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:04)
Euna Britto de Oliveira