Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA POMBINHA VOOU...

Uma pombinha voou...
Muito prematuramente
Mal tinha criado asas
Era muito novinha
Recém começaria a voar
A dar seus primeiros vôos
Da vida que lhe esperava
Vôos que foram interrompidos
Pelo domínio de um algoz
Pois era uma pombinha da paz
Pombinha que voou para o céu
Voou para sempre
Voou para nunca mais
Voou para a eternidade
E que nunca mais voltará ao seu ninho
Ninho que com carinho foi criada com amor
Pombinha que voou sem se despedir
Pombinha que partiu sem dizer adeus
Essa pombinha tem nome
E se chamava Gabriela
Pombinha que deixou muita dor e deixará muita saudade!...

*Onde estiveres...que estejas em paz pombinha!
Maysa Barbedo
Enviado por Maysa Barbedo em 22/11/2006
Reeditado em 23/11/2006
Código do texto: T298210

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maysa Barbedo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
2967 textos (326127 leituras)
7 áudios (1543 audições)
104 e-livros (20164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:29)
Maysa Barbedo