Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um moleque.

Tem um moleque
em mim
vestido por fora
feito um adulto
um absurdo
com barba na cara
sapatos engraxados
uniformizado
um muleque patife
sonhador
quer ter todas
mesmo sem amor
ainda carrega com si
muitos medos
foi criado
na base da porrada
não do beijo
pelo que vejo
foi traido
no mais intimo
pelo desejo
dos eternos traidores
nas suas eternas palavras
digitadas e remasterizadas
a cada novo por do sol
toca no ouvido do molque
uma canção
em resumo
a lembrança da barraca
não crê em mais nada
moleque iracional
se arrisca
coloca o pescoço a prêmio
encontrou seu mal
quando pensava
que tudo
estava perdido
foi vencido
e novamente traido
o novo inho
escondidinho
num mundinho
de mentiras
o muleque chorou
rangendo os dentes
tentou segurar
pensou em patir
mas o homem
que habitava a capa
nunca o faria feliz
o tal moleque
se perdeu
enaquanto sua flor
despetalou
deixou tudo pra trás
aprendeu a desamar
completando
um ciclo singular.

Marco Cardoso
Enviado por Marco Cardoso em 23/11/2006
Reeditado em 23/11/2006
Código do texto: T299443
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1601 textos (34633 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:35)
Marco Cardoso