Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minh'alma


Minh’alma, incauta apanhou
Alguns ares que não devia,
Ficou triste, desolada.
De ser eu, já está cansada,
Junto ao prazer definhou.
Ficou fria e indiferente,
Necessitando de atenção.
Sentei-a no colo meu,
Enchi-a de mimo e de amor,
O difícil é curá-la
Da febre do desamor.
Ofertei-lhe uma viagem
Por locais desconhecidos,
Do cais da angústia embarcou
Suas malas?...os sentidos.
Hoje sinto-a regressar,
Vislumbro-a ao fundo do cais,
Para jazer neste corpo
E …dele não sair mais.

Lucibei
Enviado por Lucibei em 23/11/2006
Código do texto: T299475

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lucibei
Viana Do Castelo - Viana do Castelo - Portugal, 65 anos
2570 textos (86965 leituras)
14 áudios (1465 audições)
4 e-livros (1135 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:21)
Lucibei

Site do Escritor