Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estranhos caminhos


Estranhos caminhos
Angélica T. Almstadter

 
O chão em que me agarro,
Acorrentou minhas asas;
Cimentou os meus passos.
E ainda que te pareça bizarro,
Amputada que sou, crio e fio laços,
No ventre da terra.
 
Trago o beijo em flor,
Nas sementes que espalho.
Enquanto a vida aflita, por mim berra,
Meço meu passo curto, nesse cercado.
O tempo parece falho,
Na estação do espinho, brota amor,
Em cachos, dependurado.
 
Nas veredas da minhas veias,
Cultivo sonhos escondidos;
Carícia que norteia,
Meus desejos atrevidos.
Sou mistérios sem culpa,
Bailando na face oculta...
 
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 30/01/2005
Código do texto: T2997

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 61 anos
1054 textos (55382 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 02:01)
Angélica Teresa Almstadter