Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Das Intempéries & dos Imprevistos!

Horas no tosco assento de espera,
Todas as passagens que corre a tarde,
O olhar folga na aparição, nada prometido,
Apenas intenções para depois, mas falta pouco,
Pequenos toques sinalizam o próximo beijo,
Correrias virando a noite, como se fossem fugas,
Mas não são, o olhar mostra bem que não,
Outro dia de espera, novos arranjos à mão,
Combinações para tantos beijos com certeza,
Porém nova situação, dessas que não acontecem sempre,
Prolonga a espera para o dia seguinte,
Café, cigarros, tanta água, alguma refeição,
Horas cuspindo fogo até o cair da noite & espera,
Tomado pelo tempo, até o sono reaparecer...
Novamente passamos em brancas nuvens,
Para hoje, nada é prometido, nenhum arranjo,
De repente, pode até acontecer...

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 24/11/2006
Código do texto: T299857
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:31)
Peixão