Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que eu quero agora...

O que eu quero agora...
Angélica T. Almstadter

Silêncio.
Eu quero agora só silêncio
A nos rodear,
Silêncio do teu olhar,
Silêncio do teu falar,
Não há mais nada a fazer.

Quero teus olhos só pousados em mim,
Tua mão  calada, levemente
Repousada no espaldar
De onde me assento.

Tuas madrugadas insones,
De vôos líricos;
Assumindo as dores silenciosas,
Que me chegam no amanhecer,
Como gotas de orvalho,
Provas das tuas juras secretas;
Roçando meu rosto quieto.

Quero sonhar só, os sonhos
Que não me deu.
Viver a minha eterna utopia.
Meu inverno solitário,
No inferno da agonia,
Desse poetar tão meu.

O que eu quero não importa,
Já não tem valia esse querer,
Se adiante dessa porta,
O mundo eu vi morrer.

Silêncio,
Eis tudo que eu quero,
Nesse fisgar de olhares,
Nesse cantar de mares,
Num remexer sincero.

Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 30/01/2005
Código do texto: T3008

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55634 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:50)
Angélica Teresa Almstadter