Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não foi

E aquela época valeu.
Aquele sorriso irradiando o futuro,
transparecendo nós.
Aquele riso dizendo que era
p’ra sempre.
Mas teus olhos, ah! teus olhos,
sempre tão maduros
contradiziam teu riso.
Teus olhos nada ingênuos
sabiam que não era, e não foi.

Eu era tão ingênuo
quanto teu sorriso,
fechei os meus olhos para os teus.

E tua boca confirmava o amor.
O amor, eu sei, era como teu riso.
melão
Enviado por melão em 25/11/2006
Código do texto: T301036
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
melão
São Paulo - São Paulo - Brasil, 27 anos
119 textos (4653 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:16)
melão