Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lápide de Um Filósofo ou A Teoria Geral dos Orgasmos Mentais

Lápide de um Filósofo
 
Não resistas, não reprimas, é inútil!
A dor te enlaçou direitinho.
Agora só te resta fechar os olhos e curvar a fronte...
Suspira, isso te tornará mais apaziguado e...
Enxuga as lágrimas antes de ergueres teu olhar,
Um mundo novo deve ser visto com olhos novos – não é nada de cristianismo, não! –
Mas é que sempre um outro universo nasce, misteriosamente, quando outro desmorona, silenciosamente, gota a gota, do coração...
Ah o coração! Ainda levarás muito tempo para compreenderes que titã é este que vem ao chão, ás vezes, com uma simples palavra! Mas não desistas nunca do teu aprendizado, porque quem não vive para conhecer já morreu, ou, se ainda vive, deve morrer.
Na temas a dor. Ela é um remédio mui amargo, mas sem o qual as enfermidades da tua vida seriam muito maiores.
Podes estender, ainda, teus braços? Sim? Oh que felicidade! Então ainda estás vivo!
Estende-os agora, pois! Não para quem te negou um abraço, mas para as flores ao teu redor, para o céu, sim para o céu! Um deus invisível virá beijar-te o rosto, certamente... e aí perceberás que nem sempre tuas mãos estão completamente vazias, ou que elas são totalmente inúteis. Toca delicadamente as flores, elas deixarão em teus dedos um perfume inesquecível, porque quem realmente ama deixa em cada gesto seu a fragrância das suas emoções.
Ergue-te agora. Já choraste: já redimiste teu coração. Nada pode destruir o ciclo da existência, nem a morte! O mundo reclama tua presença! Porém enxuga as lágrimas antes de levantar a cabeça, é necessário que estejas enxergando com precisão, para que não erres de novo o caminho. A estrada é estreita, mas demasiado necessária. Não conhecerás nada se te recusares a trilhar. Não te encomodes com sacrifícios, é num cadinho que se derretem os mais nobres metais para se fabricarem as mais preciosas jóias...
E se o sofrimento te vencer novamente não te desesperes,
Fecha os olhos e curva a cabeça, suspira
E quando tiveres chorado tudo, enxuga tua face e levanta teus olhos para o novo mundo!

...........................................................


Teoria Geral dos Orgasmos Mentais

Prólogo:

Pensamentos concebidos depois de 45 minutos de cama!

Art. 1º - "Um idiota tem sempre uma ferrramenta oculta com que pode se tornar uma celebridade"

corolário: Esta ferramenta todos a possuem, mas ninguém faz mais uso delo que o idiota, se chama: o uso frequente do primeiro pronome do caso reto. Saiam às ruas que brevemente comprovarão a veracidade deste corolário.

Art. 2º - "Todo eleitor que votou em Clodovil para deputado federal, deve tomar urgentemente algum tipo de medicação contra a ansiedade, pois sua preocupação com os rumos da nação podem acabar matando-o"

corolário: Isto vale também para quem votou em Frank Aguiar, Paulo Maluf, e etc.

Art. 3º - "Cada um dorme conforme faz a cama"

corolário: exceto os moradores de rua, posto que as marquises, as pontes e prédios públicos eles já os encontram feitos quando decidem neles dormir.
 
                                                                                 Aracati-Ce, 10 de setembro de 2006.
 
                                                                                                André Breton

André Breton
Enviado por André Breton em 25/11/2006
Código do texto: T301274

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Breton
Aracati - Ceará - Brasil, 31 anos
60 textos (11784 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 00:57)
André Breton