Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em placas de neón

Amor,sentimento
que aprendi a soletrar...
e tuas letras eu carrego
bem junto ao coração
desde a infância de meus sonhos.
E, por ti me apaixonei
desde que eras uma semente.

Amor...
em todas as linguagens
teu som é tão belo...
Às vezes és como o sino,
tocando ao cair da tarde.
Outras vezes, o riacho,
que segue deixando música
espalhada pelo caminho...
Ou,no silêncio das noites,
a única voz que chega
aos meus ouvidos.
E,em todas as estações
teu perfume embriaga
transcendendo o tempo,
assim como as flores,
que morrem e renascem
guardando a mesma essência.
 
Amor...
hoje,ainda carrego o teu nome,
que aprendi a dizer, sem medo...
Mas sei que és exigente
e queres mais...muito mais...
Queres que eu te encontre
na beleza não explícita
em palavras que me desagradam,
na melodia dissonante,
ou, imerso na realidade cruel,
como parte de tudo que me cerca...
até mesmo da morte.
 
Mas, tu me dizes:
"Ainda é muito cedo".
E,mesmo sem decifrar
tua misteriosa e complexa linguagem,
mesmo sem viver integralmente
todo o teu significado,
vou prosseguindo...
Enquanto isso,
ao menos componho versos,
em que teu nome brilha
como em placas de neon.


(escrito em 29/10/04)
Mareluz
Enviado por Mareluz em 26/11/2006
Código do texto: T301664
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mareluz
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
679 textos (19415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:20)