Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FASES DA LUA

Cérebros fraternos, lúmes fantásticos
Ávidas passagens do escasso tempo
Lampejos para novos beijos
Na cara passada do vento
Para ler Bukowski de novo
Jogos de palavras em copos vazios
Multidão distante pela hora da vida
Lateja a fronte na trincheira da avenida
Amaros que perseguem o texto
Simples via pelo sintético
Arcaicos dos século 19 na biblioteca
Foram reproduzir marimbondos
Utopias arcanas para Compostella
A Lua trigueira pede passagem
Vai esse pirata latino a mar solto
Quando a chuva passa distante
Secura no cano durante setembro
Agosto azedo, Outubro quem sabe...
A solidão batendo na porta de novo
"Clic", uma mágica notívaga
O errante cavalga na paz de Leda
Insígnias passando pelo banco
Cravando os dedos no cimento
Aprumos para novas festas gregas
Árias para ler Baudelaire
De passagem pela Torre de Belém
Cantigas para o bem querer
Da mesma nau que singra
Por estes mares, de Ilha em Ilha
Juntando tantas flores nesse Jardim
Em todas as fases da Lua
Atrás do bom da vida.
 
Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 02/07/2005
Código do texto: T30167
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120255 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 11:45)
Peixão